A pandemia de Covid-19 mudou a rotina de todos, tivemos que incluir novos hábitos como o uso da máscara, álcool  e outras mais significativas, como o novo formato de trabalho, o home office.

O trabalho em casa, independente de escritórios ou empresas, é considerado, inclusive, uma tendência mundial. Prova disso é que, ainda em 2020, quando estávamos em processo de retomada, muitas pessoas continuaram com o estilo home office.

Agora, em 2021, estamos passando, mais uma vez, por lockdowns em diversas cidades. Se você está trabalhando em casa, seja por decisão própria ou por causa da quarentena, separamos 3 dicas para você otimizar seu tempo e ser mais produtivo em casa.

1- Teste sua conexão

A produtividade no home office está relacionada a diversos fatores. Um deles é a conexão da internet, pois veja bem, se você está em alguma ferramenta online e precisa parar o trabalho constantemente por causa de quedas da internet, a sua entregabilidade de tarefas tende a ser menor.

Para identificar o problema, o primeiro passo é analisar se a velocidade contratada junto à operadora está realmente sendo entregue. O que acontece com frequência é que, ao ter muitos usuários conectados na mesma internet, a probabilidade de haver instabilidade é alta, principalmente, se você não estiver usufruindo dos megas contratados ou se o seu plano não for adequado.

Uma forma de verificar isso é acessando testes disponíveis na internet. Entre as opções, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) oferece o Brasil Branda Larga, plataforma em que o usuário pode testar a velocidade de download, upload e outros dados técnicos importantes. O recurso está disponível na versão web e em aplicativos gratuitos para iPhone (iOS) e smartphones com Android.

2- Acompanhe quais dispositivos estão conectados

Como mencionamos antes, quando há muitos usuários utilizando a mesma conexão sem que haja suporte para isso, a ocorrência de lentidão e falhas é ainda maior. Por isso, a quantidade de dispositivos conectados é algo que você deve monitorar.

Ainda nesta questão, há outro fator que deve sempre ficar atento: se há intrusos utilizando sua rede. Este é um problema que pode impactar no desempenho da navegação e também na segurança dos seus dados.

Em alguns casos, este intruso pode se aproveitar para, além de hackear a conexão, ter acesso às suas informações. Neste sentido, é importante adotar protocolos de segurança no wi-fi como WPA2 ou WPA, que possuem boas encriptações para proteger uma rede caseira.

3- Veja há pontos de interferência

Mais um ponto de melhoria para a sua conexão é ficar atento se aparelhos com o bluetooth ligado, por exemplo, não estão interferindo na transmissão de sinal. Além disso, veja também se não há barreiras físicas como portas, metais e janelas e eletroeletrônicos como micro-ondas que também podem contribuir com a piora da qualidade da internet.

4- Verifique a versão dos aparelhos utilizados

É importante saber que as conexões via wi-fi possuem protocolos que tendem a interferir na capacidade de entrega da velocidade. Em outras palavras, dependendo da sua versão de roteador, vai chegar a um teto de megabytes entregues por segundo. Atualmente, estes são os protocolos:

  • 802.11a: frequência 5Ghz, alcançando até 54Mbps de velocidade; Nesta versão, o usuário pode perceber que há problemas na distribuição do sinal em ambientes com muitos obstáculos;
  • 802.11b: frequência 2.4Ghz, com no máximo 11MB/s de velocidade;
  • 802.11g: frequência de 2.4Ghz e pode chegar a 54MB/s de velocidade;
  • 802.11n: alcança 600MB/s de velocidade e possui mecanismos de transmissão diferentes;
  • 802.11ac: frequência de 5Ghz, conseguindo alcançar velocidades de até 866.7MB/s.

Já as conexões via cabo trabalham com velocidades consideradas superiores, numa média geral, conforme você pode ver abaixo:

  • Cabo cat6: Avançado, alcança até 10GB/s.
  • Cabo cat5e: O mais comum, alcança até 1GB/s.

Para fazer a melhor escolha, é preciso considerar a necessidade da sua residência. Por exemplo, se você for gamer, a melhor opção pode ser o cabo, pois oferece menor perda de sinal e, consequentemente, haverá menos lag.

Além disso, sua conexão sofrerá menor impacto de oscilações e interferências, pois, geralmente, obstáculos físicos, como paredes, portas ou distâncias maiores do roteador, causam este problema.

Navegue com a TIX e seja mais produtivo

Não passe pelos mesmos problemas de conexão de 2020. Invista no seu trabalho e em você. Com a TIX você tem internet 100% fibra óptica, velocidades iguais para download e upload, acesso a aplicativos exclusivos como Bittrainers, NordesteFC, Noggin e Paramont+.

Além de tudo isso, você tem disponível 24h o suporte premium de quem é referência no Reclame Aqui com selo RA1000. Temos a maior reputação entre todas as empresas de telecomunicação do Norte e Nordeste. 

Com planos a partir de R$ 74,99, você encontrará a melhor opção para mais conexão e produtividade. Clique aqui e confira!